quarta-feira, 27 de junho de 2012

Ratos mortos

Deixei-as sózinhas durante 30 segundos e quando me reaproximei, consegui ouvir "Tita, a mãe cheira a ratos mortos". Incrédula, quis acreditar ter ouvido mal. "Quem é que cheira a ratos mortos, Leonor ?!!!!". O sorriso envergonhado comprovou o que tinha acabado de ouvir. Não só falavam de mim pelas costas, como falavam mal (e tinham noção disso). Tentando abstrair-me da gravidade da situação, só queria que as pessoas que, habitualmente, convivem comigo tenham a frontalidade de me dizer se é verdade o que as minhas adoradas filhas estavam a comentar. Como devem imaginar, é constrangedor para mim sair à rua a partir de hoje.

2 comentários:

  1. que vontade de rir! Quando o avô Fernando quer lavar a Leonor e ela não quer, só porque "não" é uma das suas palavras preferidas, ele diz-lhe: tens mesmo de te lavar porque cheiras a ratos mortos! As crianças repetem tudo o que ouvem...

    ResponderEliminar
  2. LOL ela ainda fica com a mesma fobia q eu tenho a essa bicharada... Até a estou a ver aos saltos estrada fora até ao Sporting de Aveiro por cada ratazana espalmada entre a ria e as salinas... E para ti agora é facil escolher prenda de Natal, sabão! Agora a sério, nunca cheiraste mal e mto menos a ratos mortos. Isso é a Leonor a despontar a bully que a habita, LOL
    jinhos Galinhola

    ResponderEliminar

Obrigada por dar vida a este blog.