Nunca mais chega Julho

Ando ansiosa que chegue Julho, não só porque significará que as férias estarão logo ali ao virar da esquina mas porque será mês de revisão geral no IPO. Com o aproximar das consultas aparecem-me sempre as comichões e os gânglios. O nosso subconsciente é tramado. É curioso que esta nova ronda pelo IPO seja em Julho, o mês que ficou marcado em mim pelos piores motivos. Foi em Julho de 2009 que iniciei a quimio e que vivi os momentos de maior angústia e aflição pois tinha um medo enorme de todos os efeitos secundários. O que vale é que os meus dias são sempre tâo preenchidos que são pouco os momentos para parar a pensar. Vamos lá dar corda ao relógio

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Um queixo suturado e um coração rachado

Hoje dei os meus impostos por bem empregues

Só Deus tem os que mais ama