sexta-feira, 29 de junho de 2012

Baixinha, mas feliz

Ontem, depois de mais uma daquelas minhas grandes confusões com datas, levei a Titocas ao centro de saúde. A pequena é rasteirinha, está no percentil 10 de altura. Já na consulta anterior, o médico me tinha dito para não me preocupar com isso, assim como se o facto de ser baixinha fosse algum problema. Nesta consulta, o médico vou a fazer referência a isso, mas acrescentou O ponto essencial "vê-se que é uma criança feliz". Ora aí está, a Titocas é uma criança feliz. Pudera, quem não seria feliz tendo o resto do mundo a prestar-lhe vassalagem e a tratar-lhe de cama, rabo e roupa lavada? Infelizes são os pais, que podem esquecer a possibilidade de vir a ganhar dinheiro com os desfiles da princesa na passarelle.

2 comentários:

  1. Felizmente que a pequenota é feliz! Toda ela irradia felicidade, o que nos transmite tbm essa felicidade! É uma criança alegre, bem disposta...e feliz! Só não podem é contrariá-la, porque a miúda não gosta...porque será!

    ResponderEliminar
  2. Ainda a propósito dessas "previsões" médicas; a cachopa já anda e diziam que só o faria lá para os 18 meses, o que me leva a crer que a sua estatura não vai ser tão baixa como isso...

    ResponderEliminar

Obrigada por dar vida a este blog.