sexta-feira, 6 de julho de 2012

Assim o meu coração não aguenta

Num momento dá-me com os pés, logo a seguir escreve-me mensagens lindas (ver último post). Assim, o meu pobre coração não aguenta. Em resposta, caro dr., digo-lhe que lhe dou todo o tempo do mundo, porque sei que não se esquecerá (ok,ok, admito que aqui está uma pequena chantagem psicológica subliminar) :)

2 comentários:

  1. Hahaha!

    Desculpe-me o riso, mas eu tenho uma pequena suspeita de que a sua Leonor teve a quem puxar... Você é ótima em comentar os acontecimentos do dia-a-dia, tanto quanto ela é ótima em aprontar mil e uma.

    E, ter médicos assim, é bom demais. Eu também tenho o meu, que já avisei, que se algum dia mudar de clínica ou de convênio, mudarei junto.

    Parabéns!

    Carin

    ResponderEliminar
  2. Hahaha Carin

    Boa análise.

    A rapariga não podia sair às pedras da calçada, né?

    Um beijinho

    ResponderEliminar

Obrigada por dar vida a este blog.