segunda-feira, 23 de julho de 2012

Irmãs de sangue

Ontem, a Leonor levou a expressão à letra e quando vi estava a pequena a sangrar de um canto da boca. O que vale é que a Titocas também não é flor que se cheire e já apreendeu o ditado "quem vai à guerra dá e leva". Feitas as contas finais, ficam sempre empatadas. Como é lindo, o amor visceral.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Obrigada por dar vida a este blog.