quarta-feira, 28 de novembro de 2012

A jogar Ping Pong com a Segurança Social

Como não tenho mais que fazer na vida (pensam eles), eis que ando numa de jogar ping pong com a Segurança Social.

Tudo porque em 2009 (como contei no último post) resolvi armar-me em chica esperta e não só interrompi a licença parental e ainda tive a lata de os tentar sensibilizar para o termo compensação.

Este mês fui notificada para devolver um valor e, ao mesmo tempo, tive a (in) grata surpresa de receber 3 transferências feitas pelos meus mais recentes amigos.

Menos mal que o valor transferido é bastante superior àquele que terei de devolver.

Mas é chato, muito chato, dirigir-me à Loja do Cidadão para tentar esclarecer o imbróglio (neste momento não sei se devo ou se tenho a receber) e vir de lá ainda mais baralhada.

Não bastou o facto de a funcionária não saber que me dizer, para além de "está aqui uma grande confusão", ainda tive de ouvir "então a senhora estava a gozar a licença parental e depois é que ficou doente?!!!". Quase  pedi desculpa pela audácia, antes de sair de lá a bufar por todos os lados.

Em resumo, tudo na mesma como a lesma. O conselho que recebi foi enviar carta registada com Aviso de Recepção a pedir esclarecimentos.

Não deixa de ser irónico que em plena era da informática, e após milhares de Magalhães distribuídos pelos lares portugueses, o remédio (espero eu) esteja na tradicional cartinha e, cheira-me, no afamado "Livro Amarelo".

Arre, que é preciso ter pachorra.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Obrigada por dar vida a este blog.