sexta-feira, 28 de dezembro de 2012

Desperdício alimentar - lembrete para 2013

Há cerca de uma semana ouvi o resultado de um estudo que concluiu que cada português deita para o lixo uma média de 90 kgs de comida por ano.

Pareceu-me um exagero, mas fez com que ficasse mais atenta ao desperdício alimentar cá em casa.

E de facto, muitas vezes nem nos apercebemos da comida que vai para o lixo.

Que atire a 1.ª pedra quem nunca se enganou na medida do arroz ou da massa, nem cozinhou carne a mais porque estava congelada toda junta, se esqueceu do tupperware com sobras de um jantar ou teve preguiça de arranjar legumes que, com o tempo, acabaram por ficar velhos.

E enquanto isto nos acontece, há milhões de pessoas a passar graves privações. E não é só comida que deitamos fora, é dinheiro que se fossemos juntando (se deitámos fora é porque se tratou de uma despesa desnecessária) daria, após algum tempo, para um pequeno mimo.

Para quem, como eu, não é criativo, há montes de blogs com ideias para aproveitar restos de comida. Aliás, não me canso de dizer que muitos dos pratos mais apreciados actualmente nasceram da necessidade de aproveitar restos (olhem as pizzas, açordas e tripas à moda do Porto).

Outra ideia que ajuda, a poupar comida e tempo, é planear as refeições de forma a que o resto da lata de cogumelos usados ontem sejam utilizados amanhã noutro prato.

Esta é uma rotina que, periodicamente, tento implementar mas vou sempre abandonando por desorganização crónica.

Em conclusão, vale tudo menos deitar comida fora em 2013. O bolso ea sociedade agradecem.

2 comentários:

  1. Concordo; além do mais há sempre alguém que agradece se lhe oferecermos comida que nos sobejou e está em condições de ser ingerida. Aqui em casa começámos a ter mais cuidado, e até as cascas de batata, cenoura, fruta, etc., vão directas para um balde, e depois entregues a uma senhora que tem galinhas...

    ResponderEliminar
  2. Pois é mesmo verdade. Este fim de semana estava a limpar p meu frigorifico e a arranjar espaço para as coisinhas para jantar noa dia 31 e fiquei horrorizada com a quantidade de coisas que deitei fora, porque já tinham muitos dias, ou porque estavam fora de prazo.

    Para 2013, temos mesmo de prestar mais atenção a isso.

    Beijocas.

    ResponderEliminar

Obrigada por dar vida a este blog.