Solidariedade entre mães

Ontem levei as meninas aos insufláveis que estão na Feira do Artesanato.

Tudo correu lindamente ... até à hora de vir embora pois, como está bom de ver, as cachopas recusaram-se a sair e foram encostar-se ao canto mais afastado da saída, onde ficaram inalcançáveis.

No momento em que me preparava para descalçar e entrar no insuflável, houve uma mãe, com um problema igual ao meu, que se antecipou e fez o mesmo que eu pensava fazer.

Perdi a vergonha e pedi-lhe para me agarrar a Tita. A senhora deu-me o filho dela para as mãos, agarrou a Tita e fizemos a troca das criancinhas, num exemplo de verdadeira solidariedade entre mães.

Com metade do problema resolvido, lá convenci a Leonor a sair do insuflável. Saiu, efectivamente, mas fugiu-me para o insuflável do lado e foi o cabo dos trabalhos tirá-la de lá, conseguir calçá-la e arrastá-la (os berros) para o carro.

Quem disse que os fins de semana são bons para descansar?

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Um queixo suturado e um coração rachado

Hoje dei os meus impostos por bem empregues

Só Deus tem os que mais ama