sexta-feira, 11 de outubro de 2013

Dia 21 é dia de IPO

Dia 21 é dia de IPO.

Desde que lá entrei pela 1.ª vez fará em Dezembro 5 anos, nunca tinha estado tanto tempo sem lá ir e sem ser picada para análises.

Já passaram 6 meses, o que é um óptimo sinal.

Como sempre me acontece em vésperas das consultas, ando ansiosa que chegue o dia. Como sabem, vivo uma mescla de emoções nessas idas a um sítio tão significativo para mim.

Para além de alguma ansiedade, natural creio eu, existe o conforto de regressar aonde me trataram tão bem.

Claro que a esta sensação de conforto se somam as emoções relacionadas com memórias difíceis (que, curiosamente, nem se relacionam com a minha situação pessoal, mas com tudo aquilo por que o meu padrinho passou) e com as pessoas que por lá vejo a lutar.

Tudo isto faz com que, no regresso, sinta ter levado uma carga de pancada e fique sem qualquer capacidade de produzir no resto do dia. Aquilo cansa!

Mas o que tem de ser tem muita força.

O importante é que conto dar umas boas risadas com a minha onco-hematologista e ouvir a voz suave da nefrologista dizer que, finalmente, os valores da proteinuria baixaram (desta vez acho que mereço pois até me portei bem e tomei os comprimidos quase todas as noites).

Depois emitirei o habitual Boletim Clínico.

2 comentários:

  1. Ok, estarei por aqui para o ler, com a certeza que será o melhor boletim de sempre.

    beijocas.

    ResponderEliminar

Obrigada por dar vida a este blog.