quinta-feira, 10 de outubro de 2013

Surpresa

Adoro que me façam surpresas. Gosto daquelas prendas que deixam perceber que quem as ofereceu me conhece bem e/ou esteve atento a algum pormenor relacionado com um comentário ou olhar meu.

O valor patrimonial não é para aqui chamado. Até pode ser um alfinete.

No meio do turbilhão que tem sido a minha vida nos últimos dias, fui surpreendida por quem menos esperava. Os meus pais.

A surpresa não se relacionou com o gesto, muito menos com o momento em que o tiveram, pois sempre tive a certeza que seriam capazes de o fazer.

A surpresa foi terem conseguido guardar segredo e tornar algo, que neles é normalíssmo, numa linda surpresa com direito a 4 corações, a simbolizar a família Neves Pinto.

Isso sim, foi totalmente inesperado pois quem conhece os meus pais sabe que têm uma certa dificuldade em fazer surpresas. Na verdade, são capazes de desembrulhar, em pleno shopping, a prenda que acabaram de comprar para as netas, só para a mostrar aos amigos.

Nunca esquecerei esta surpresa e tudo o que simbolizou.

Os meus pais são, de facto, os melhores do mundo.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Obrigada por dar vida a este blog.