domingo, 30 de março de 2014

Não é fácil perceber as mães

- Sabes mãe, disse a Leonor, hoje de manhã arranjei o meu pão com manteiga sózinha.

- Sim?!!! Pegaste numa faca?!!! Qual?!!!

- Aquela pequenina, respondeu para me sossegar.

- E onde é que a puseste? Não vi nenhuma faca suja na cozinha!

- Guardei na gaveta.

- Leonor, isso não se faz. Não se guardam coisas sujas nas gavetas.

E a partir daqui foi ver o seu ar de espanto, com a minha reacção. Quase lhe li os pensamentos "não é fácil perceber as mães. A minha está sempre a dizer-me para arrumar as coisas e quase o faço dá-me um ralhete!"

1 comentário:

Obrigada por dar vida a este blog.