terça-feira, 3 de março de 2015

Coisas que se aprendem a fazer mudanças

De nada vale embrulhar peças frágeis em jornal se depois nos pusermos a tentar adivinhar o que está lá dentro aos apalpanços.

Acabei de espetar o dedo indicador num ovo (verdadeiro) pintado que comprámos em Budapeste durante a lua de mel. Snif. Snif

Sem comentários:

Enviar um comentário

Obrigada por dar vida a este blog.