quinta-feira, 6 de agosto de 2015

Amor de cão e gato

A aventura das férias da Leonor contina.


Ontem ligou várias vezes ao pai, chorou, e lá o convenceu a ir jantar a Ermesinde.


A espertalhona não quer voltar, quer é receber visitas.


De referir que, ingrata, só chama pelo pai (imginem as facas cravadas no meu peito).


Mas lindo, lindo é ver a reacção das manas ao facto de estarem longe uma da outra e ouvir as conversas telefónicas em que partilham tudo o que aconteceu (e receberam) ao longo do dia.







2 comentários:

  1. Dona Leonor está no direito de exigir visitas à sua corte real :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Claro. D.ª Leonor só tem de mandar e nós obedecemos

      Eliminar

Obrigada por dar vida a este blog.