sexta-feira, 20 de maio de 2016

Pelo menos houve alguns que não partiram

Primeiro o estrondo. Depois a corrida escada aabaixo para me deparar com uma prateleira caída e metade da minha colecção de presépios espalhada pelo chão.
Nos entretantos o sábio comentário da minha patroa mais velha, que me suavizou a dor, "pelo menos houve alguns que não partiram". E a lembrança de que "o avô Augusto é muito bom a colar coisas".

PS
A culpa foi da força da gravidade (a acreditar nas juras das patroas que garantem não ter mexido em nada, só não conseguindo explicar como é que a porta do armário apareceu aberta).

Sem comentários:

Enviar um comentário

Obrigada por dar vida a este blog.