A um passo da NBA

A Leonor foi convocada para o seu primeiro torneio Internacional de basket. A coisa passa-lhe completamente ao lado mas eu fiquei felicíssima. Como diria a sua, sempre racional, tia não se trata de um feito extraordinário nem significa que tenha dado à luz um fenómeno. Estou consciente disso e não tenho sequer a expectativa de que a rapariga se torne profissional. É só um sentimento parecido ao que vivo sempre que dá mais um passo e a enorme alegria de a  ver crescer saudável e feliz. Vai Leonor.

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Um queixo suturado e um coração rachado

Hoje dei os meus impostos por bem empregues

Só Deus tem os que mais ama