Memórias que o Dia Mundial da rádio me traz

A notícia de que se assinala hoje o Dia Mundial da Rádio teve o condão de me transportar no tempo. Lembrei-me das muitas manhãs em que o meu pai irrompeu pelo meu quarto dentroa a cantar "é o despertar da Rádio Renascença"; dos pequenos almoços tomados a ouvir a Olga Cardoso e o António Sala; das viagens feitas ao som dos relatos da bola e da Bola Branca, que ainda hoje gosto tanto de ouvir; das noites passadas a ouvir o Oceano Pacífico e a Rádio Placard como inspiração dos poemas; das idas para a faculdade e as enormes filas de trânsito na VCI. Muitas e boas memórias me traz a telefonia, como lhe chamava o avô Emílio, que continua a ser uma grande companhia, sem dúvida.

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Um queixo suturado e um coração rachado

Hoje dei os meus impostos por bem empregues

Só Deus tem os que mais ama