quinta-feira, 23 de março de 2017

Amanhã começa (ou acaba) a minha fulgurante carreira como soprano

É já amanhã que começa (ou acaba) a minha fulgurante carreira como soprano, com um concerto no Quartel das Artes em Oliveira do Bairro, pelas 21h30.

Seguir-se-á o Teatro Aveirense no dia 31 de Março.

Será um concerto um Concerto Comemorativo da morte de Ludwig van Beethoven, com a Orquestra e Coros do Conservatório de Música de Aveiro (é aqui que entro, no coro de Pais) e o  Coro de Câmara da Bairrada.

PROGRAMA


 Sinfonia n.º 7, op.92 – L. van Beethoven
As Criaturas de Prometeus, op.43 – L. van Beethoven
Fantasia Coral, op. 80 - L. van Beethoven
Sopranos - Ângela Alves e Adriana Ribeiro
Mezzo- Soprano – Florence Lobo
Tenores – Pedro Figueira e João Carlos Soares
Baixo – Paolo Vettori
Piano – Jaime Mota
Direcção - Carlos Marques


Não tenho pretensões de progressão na carreira (duvido até que esteja no naipe correcto) mas estou super entusiasmada, não só por gostar de cantar mas por pelos motivos emocionais de que já aqui falei.

E estou decidida a persistir neste hobbie, pelo menos até à altura do Coro da pequena Maria Leonor se juntar ao Coro de pais. Andamos as duas a sonhar com esse dia.

Até lá, e transcrevendo aquilo que o Círculo de Cultura Musical da Bairrada escreveu no seu facebook, "Vale a pena reflectir sobre os últimos versos da Fantasia Coral, que vamos ouvir no Quartel das Artes: "Wenn sich Lieb und Kraft vermählen, lohnt dem Menschen Götter Gunst", ou seja "Quando amor e força se juntam, a graça de Deus recompensa os homens"".

Sem comentários:

Enviar um comentário

Obrigada por dar vida a este blog.