terça-feira, 14 de março de 2017

Deco estou contigo

Antes de desabafar, deixem-me frisar que tenho o maior respeito por quem trabalha e não tem pejo em esgravatar para ganhar a vida de forma digna. Isto é ponto assente. Mas há métodos e métodos e o constante assédio, via telefone ou pessoalmente no recato do lar, para a subscrição de serviços começa a atingir níveis intoleráveis. Em pouco tempo, dei comigo a devolver chamadas a comerciais, por desconhecer o número e pensar que podia ser importante, que aproveitaram a deixa para fazer publicidade (paga por mim portanto). Isto para não falar das personagens sinistras que já me bateram à  porta. Verdadeiras devassas dos poucos momentos caseiros é o que é e que é necessário controlar rapidamente até porque em nada prestigiam as empresas que representam. Uma salvaguarda para os bons profissionais. Existem e conheço alguns.
Não me importo nada que me atulhem a caixa de correio com publicidade. Gosto de ver as promoções e dá-me um jeitão para forrar a gaiola da Tosca. Agora telefonemas em horário laboral e visitas nocturnas, tenham dó.
Estou com a DECO portanto.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Obrigada por dar vida a este blog.