segunda-feira, 15 de maio de 2017

O que é que as minhas Amigas têm de especial?



Quem se cruzou com este grupo de mulheres na 5.ª feira, ouviu as suas sonoras gargalhadas e recebeu os beijos atirados dos tuk tuk terá certamente percebido a felicidade que pairava no ar. Terá até, eventualmente, invejado a sua aparência despreocupada.

Quem nos viu não conhece as nossas dores. Cada uma com as suas. Doenças, perdas, sonhos por cumprir. Cada uma, sem excepção, as têm ou tiveram, mas isso não as amargurou ou determinou caminhos sem sol.

E o que tem isso a ver com um post sobre a Amizade? TUDO.

Estas Amigas que, com vidas tão preenchidas, gastam o seu tempo para me proporcionar um rol de surpresas e organizar uma festa inesquecível não estão comigo só quando o momento é de brincadeira. Isso é fácil demais para mulheres tão guerreiras.

Estas Amigas que, na maioria , estiveram na maioria já na minha despedida de solteira (há quase 10 anos, portanto),  são aquelas capazes de fazer kilómetros para estar comigo quando o meu sistema imunitário está em baixo, acompanhar-me em sessões de quimio, escrever ao Papa a pedir que ore pela minha saúde. Temos crescido e aprendido juntas, na alegria e na tristeza, na saúde e na doença.

Estas Amigas são, só por o serem verdadeiramente e sem reservas, responsáveis em parte por ter estado naquela festa. E não por a terem organizado mas porque foram peça essencial para que a minha batalha fosse vencida.

Estas Amigas são e dão-me VIDA!

Cada com o seu modo de ser, numa diversidade tão complementar quanto rica, estas Amigas são um tesouro.

E eu, além de uma mulher feliz e mimada, só tenho um receio. Não ter capacidade de retribuir todo e cada um dos gestos. Não lhes dar de mim aquilo que devo.

A entrada nos 40, pela qual tanto ansiei, está a superar toda e qualquer expectativa. Claro que, como qualquer outra pessoa, experiencio um pequeno dilema existencial (culpa das Amigas) e que nada tem a ver com o passar do tempo. A minha grande questão é será que mereço tantas pessoas boas?

Pressupondo que as meninas não copiaram as dedicatórias, consigo perceber alguns traços comuns e dominantes na forma como me vêem e poderão justificar tamanho carinho.

Não tenho resposta, só a grande certeza que tudo farei para continuar merecedora da vossa Amizade.

PS Não indico nomes, não só para evitar cometer daqueles deslizes como me caracterizam mas porque faltam Amigas na foto (e não só das que estiveram na festa. Sou mesmo rica).

Sem comentários:

Enviar um comentário

Obrigada por dar vida a este blog.