segunda-feira, 10 de julho de 2017

Ainda a propósito da compra de crianças

EXCELENTE este texto da Isabel Stilwell.
Quanto às quotas só me ocorre uma coisa. Enquanto virem a mulher como uma chocadeira e a mulher deixar que a reduzam à condição de objecto, as quotas só potenciam o risco de ter a pessoa errada no lugar errado.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Obrigada por dar vida a este blog.