Que fazer aos ("meus") mortos?

Quer na minha lista de leitura de blogues, quer no facebook permanecem pessoas que de uma forma ou de outra me marcaram antes de partir.
A maioria não conheci sequer pessoalmente mas, ainda assim, houve uma partilha de sentimentos que nem sempre se consegue com os próximos.
Sempre que me deparo com os seus escritos surge a dúvida. Deverei eliminá-los das listas de contacto? Fará sentido cruzar-me com eles como se estivessem na terra?
Confesso não saber bem, mas algo me tem impedido de os retirar dos meus contactos, como se ao fazê-lo fosse desrespeitar a sua memória e isso nuca farei, pelo menos conscientemente.
Dúvidas existenciais.

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Um queixo suturado e um coração rachado

Hoje dei os meus impostos por bem empregues

Só Deus tem os que mais ama