O dicionário dos meus sonhos

Passei dias a ouvir as patroas discutir sobre se devíamos, ou não, comprar um dicionário à mais pequena, com a mais velha a dizer que não valia a pena "gastar dinheiro aos pais se já tinham o dela em casa" e aquela a gritar que tinha direito a ter o seu próprio dicionário e queria que fosse cor de laranja!

Naturalmente comprámos o bendito dicionário cor de laranja, pois há coisas que não se negam a ninguém e muito menos a uma criança, e eis que em vésperas do 1.º dia de aulas passei a noite a sonhar com a professora a ralhar-me porque a pequena não levava o dicionário para a escola há mais de 5 dias, envergonhada por ter de lhe confessar que, nesse dia, me tinha esquecido também da mochila!

Pelos vistos estaria mais ansiosa com o regresso à escola do que a própria que saiu do carro sem olhar para trás, deixando-me no meio do passeio, a morrer de vontade de ir a correr cobri-la de beijos.

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Para a Luísa

Até ao céu

3 professores em 4 anos!