Qual a relação entre a tempestade Leslie e Santa Teresa de Ávila?


Vive, no sábado passado, uma das experiências mais assustadoras de que tenho memória.

Não foi por desconhecimento, pois ouvi o Aviso da Protecção Civil, mas por achar que a tempestade Leslie só passaria por locais onde não estivesse (haja presunção).

Quando entrei no pavilhão já chovia bastante, mas o vento era insignificante. Durante o jogo, nada me fazia perceber o temporal sentido lá fora até ao momento em que comecei a ver alguma agitação e percebi que umas plaquinhas do telhado tinham voado.

Com receio que a coisa piorasse, resolvi sair a 5 minutos do final e só aí tive real noção do que estava a acontecer. O vento era de tal ordem que não sei como chegámos a casa. Foram cerca de 500 metros que pareceram 5000.

Enquanto o meu pai levava a cria mais nova ao colo, tentei pegar na mais velha mas parecia chumbo e nem a consegui levantar do chão, coisa que faça tantas vezes. A miúda quase a panicar, a queixar-se que não consegui ver, nem respirar. Eu a tentar acalmá-la e a sentir que a minha voz devia transmitir tudo menos calma.

Lá conseguimos entrar em casa e ficámos em stress porque o meu pai decidiu ir para casa, preocupado que estava com a minha mãe. Serenizámos um pouco quando soubemos que já estava a salvo mas continuei a sentir-me péssima, com a ideia de ter deixado para trás uma série de amigos que poderiam precisar de ajuda.

Foi um sentimento super estranho e a malta  amiga que lá estava, soube depois, conseguiu chegar a casa em segurança mas passando muita coisa pela cabeça.

Não me queixo (só tenho a agradecer), mas é impossível deixar de pensar na angústia que sentirão aqueles que são afectados por este tipo de fenómeno.

A dor de cabeça ainda não me passou.

E o que tem Santa Teresa de Ávila a ver com a tempestade Leslie?  O condão de me acalmar com a serenidade das suas palavras que reproduzo neste seu dia:


"Nada te turbe, nada te espante, quem a Deus tem nada lhe falta... Nada te turbe, nada te espante, só Deus basta!"


Comentários

Mensagens populares deste blogue

Para a Luísa

Até ao céu

3 professores em 4 anos!