domingo, 10 de fevereiro de 2013

O carnaval não é coisa de crianças

 
A cada ano que passa aumenta a minha certeza de que o carnaval não é coisa para crianças. Pelo menos, não para crianças com menos de 6 anos.
 
Hoje foi dia de carnaval intergeracional em Aveiro. A ideia, muito gira, consistiu em misturar idosos e crianças.
 
 
A escolinha das minhas meninas participou e voluntariei-me para acompanhar a Tita, devidamente equipada de gotinha de chuva que era o tema da sua sala.
 
 
A ideia, como já disse, é gira mas falha pelo facto de se realizar à tarde. Qualquer iniciativa que envolva crianças assim tão pequenas devia acontecer de manhã. Os miúdos sentem a falta da sesta o que, aliado à confusão, os altera muito.
 
 
A Tita aguentou-se estoicamente, apesar de tonta de sono. Já a Leonor chorou feita uma Maria Madalena. Teve medo dos cabeçudos (tal qual a sua mãezinha tinha) e detestou a folia, ao ponto de tirar o fato. A certa altura pedi ao papá para a retirar do desfile pois era suposto ser um momento de diversão. Só para contrariar, quis continuar agarrada à educadora como uma lapa.
 
 
Tal como ela, muitos outros meninos iam a chorar o que me leva a consolidar a ideia de que nós adultos nem sempre conseguimos evitar transpor as nossas fantasias e desejos para as crianças.
 
 

 
 
 


1 comentário:

  1. Concordo plenamente contigo! A Tita estava zonza de sono, e os cabeçudos puseram muitas crianças a chorar, tendo eu ido limpar o nariz a uma, que já "comia" ranho de tanto chorar, sendo que é uma criança que costuma estar sempre a rir. Mas, como dia o sábio povo: de boas intenções está o inferno cheio...

    ResponderEliminar

Obrigada por dar vida a este blog.