sábado, 14 de setembro de 2013

Apresento-vos a nova aluna da Oficina de Música de Aveiro

A Leonor demonstra tanto interesse e gosto por música, que decidimos inscrevê-la numa escola de música.

Temos a sorte de ter na família um grande professor, mas os 88 anos do bisavô já não permitem que tenha a paciência suficiente para domar a pequena fera.

Acabámos por optar pela  Oficina de Música de Aveiro que, fiquei a saber depois, foi criada por antigo aluno do meu avô, o já falecido saxofonista Fernando Valente.

Sempre ouvi falar do Fernando Valente, lá em casa, com enorme admiração e carinho. O meu avô foi professor dele no ciclo preparatório e, depois, no Conservatório de Aveiro.

Apesar de ter feito a escolha da escola sem saber quem esteve na sua origem, e tendo como critério pouco mais que a sua localização e ambiente familiar, fiquei muito contente quando o descobri pois sinto que, ainda que indirectamente, a marca do meu avô está nela.

Agora é tentar perceber se a Leonor realmente gosta e pretende seguir as pisadas do bisavô Emílio Matos.

3 comentários:

  1. tenho esperanças que sim; os instrumentos que estão parados na "sala do piano", precisam de quem lhes torne a dar vida!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Vamos esperar com calma. A artista é um pouco imprevisível :)

      Eliminar
  2. O contacto com a música é na minha opinião muito importante. Quem sabe não estás a criar uma nova estrela?

    Beijocas.

    ResponderEliminar

Obrigada por dar vida a este blog.