domingo, 28 de setembro de 2014

Socorro! As minhas filhas têm um tablet.

Nunca gostei de ver crianças a brincar com gadgets. Aflige-se imenso vê-las naquele estado de alheamento, de olhos fixos no ecran e a dar ao dedo, especialmente em momentos de convívio.


Até agora, as minhas cachopas brincavam com o tablet da avó ou das tias mas esporadicamente.


Mas ontem tudo mudou. O avô achou que estava na hora das meninas terem o seu próprio tablet e vai de lhes comprar um.


As cachopas estão radiantes, obviamente, e eu de sobrolho franzido.


O papá diz que é só inveja de nem saber mexer no bicharoco (coisa que as patroas dominam), mas é mais do que isso.


Já estou a imaginar os conflitos que vou ter de gerir entre as comproprietárias do tablet que até por causa de alfinetes armam guerras.


Desejem-me sorte.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Obrigada por dar vida a este blog.