O dilema da bicicleta

A Tita está prestes a receber uma bicicleta. A coisa nada teria de especial, não fosse o dilema que me está a causar. É que assim que tal suceder, eu serei a única da família sem bicicleta o que, começo a perceber, aumenta o grau que ovelha ronhosa que, por inerência do estatuto de mãe, me cabe.


De maneira que, neste momento, a vontade de me aventurar a comprar uma bicicleta para podermos fazer passeios a 4 é tão grande quanto o medo que sempre tive de me despenhar de cima dela.


Ó céus, tende piedade de mim!

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Um queixo suturado e um coração rachado

Hoje dei os meus impostos por bem empregues

Só Deus tem os que mais ama